Cirurgia de varizes a laser e cirurgia da safena a laser. (Parte 9)

Posted on

Este texto abordará as varizes nas pernas (varizes dos membros inferiores), dando ênfase às causas, sintomas, prevenção e tratamento.

Os pacientes foram randomizados em grupos para retirada da veia safena durante operação de varizes versus a ligadura da junção safeno-femoral, com incisões e exerese das varizes. Nos pacientes onde se identificam veias de maior calibre e nas que estão localizadas mais profundamente o ultrassom deverá ser utilizado também durante a realização da injeção da espuma. Porém, a efetividade do tratamento das varizes com espuma, não é tão boa quanto à cirurgia, seja a cirurgia tradicional ou os métodos mais recentes como Laser e Radiofrequência. As tais varizes que apresentam sintomatologia diversa como aumento do calibre do caso, coloração azul ou roxa, dores, úlceras, hemorragias, entre outros sintomas ainda mais graves. Para confirmar o diagnóstico  de veias varicosas e para um melhor planejamento terapêutico, seu médico pode solicitar um teste de Ecodoppler Venoso de membros inferiores. Atividade física pode ser feita em 7 dias. CIRURGIA CONVENCIONAL Como é feita : É feito um corte pequeno ( 0,5  cm ) no tornozelo e outro em torno de 2-3 cm na virilha . Casos Cristiane Vilaça enfatiza que a aplicação com espuma pode ser feita em praticamente todos os casos de varizes, mas que é mais aconselhável para situações graves. Por isso, quando a doença começar a trazer sintomas como o inchaço dos membros inferiores, dores e desconfortos na região, é preciso recorrer ao tratamento.

Praticar atividade física é uma das formas de prevenir o problema. Se não tratadas, as varizes podem levar a complicações mais graves, como a trombose

  • Tem resultados mais rápidos.
  • Tem menor dor durante o tratamento.
  • Apresenta menos complicações.
  • Tem custo de tratamento semelhante as técnicas convencionais
  • É mais eficiente

Inicialmente procede o tratamento clínico: uso de meia elástica, deambulação livre (intercalada de repouso com membros inferiores elevados – posição de Trendelenburg), calor local (compressas úmidas), antiinflamatórios e analgésicos.

Em outras situações, é a percepção da existência de veias mais sobressaltadas nas pernas o que gera a suspeita de que varizes podem estar se formando nos membros inferiores. Contudo, mesmo sem tendência, quem engorda, não faz atividade física e usa hormônios femininos pode ter varizes mais rapidamente. Neste caso, é realizada uma injeção de anestésico no local onde será feito cada pequeno corte na perna para a retirada da veia. As varizes dos membros inferiores podem não apresentar sintomas ou então dar origem a graves complicações, que irão prejudicar consideravelmente a atividade do paciente. Como a veia safena não é um conduto maior para o retorno venoso dos membros inferiores a sua remoção pode ser compensada completamente pelo sistema venoso profundo. Após a remoção de varizes por cirurgia, veias que são retiradas não voltam mais. Os locais mais atingidos pela doença são os membros inferiores: pernas, pés e coxas. • Fique em repouso 24 horas após cirurgia, com travesseiro embaixo dos membros inferiores para deixá-los mais elevados que o corpo; Embora varizes apareçam com mais frequência nas coxas e na altura dos joelhos, com o laser é possível eliminar vasos nos membros inferiores e no rosto em poucas sessões.

Saiba mais sobre as varizes. Como surgem, causas principais, sintomas e como evitar. Medicamentos e até cirurgias são os tratamentos mais indicados.

  • Ser um exame não invasivo, ou seja, não há nenhum tipo de corte ou perfuração da pele;
  • Não causa dores, ou seja, indolor;
  • De fácil execução e SEM contra-indicações.

A cirurgia a laser para o tratamento de Varizes é uma das alternativas menos invasivas que existem pois não tem nenhum corte ou punção.

São veias que entopem nos membros inferiores e ficam dilatadas e tortuosas, causando sintomas como dor, peso e cansaço. Existe algum outro tratamento que ela possa fazer para evitar as dores e os riscos de ter trombose novamente? causa melhoria na drenagem venosa dos membros inferiores, aliviando sintomas, de causa e efeito dos sintomas com a presença das veias As cirurgias de varizes devem ser realizadas sempre por cirurgiões vasculares, e os pacientes que podem se sujeitar a elas são aqueles cujos sintomas indicam doença mais complexa. As técnicas cirúrgicas tradicionais consistem na ligadura ou na retirada das veias, sendo que a escolha do procedimento mais adequado depende da localização, tamanho e extensão dos vasos afetados. Nesse ponto os cirurgiões vasculares entram em consenso: SIM, o tratamento das veias safenas com laser é melhor do que a retirada convencional da veia (safenectomia). Nesta seção, abordaremos o tratamento das varizes dos membros inferiores para melhoria dos sintomas e do aspecto  estético. Exercícios físicos, uso de meia elástica, elevação dos membros e repouso promovem melhora significativa dos sintomas.

Complicações no tratamento com laser endovascular em varizes de membros inferiores / Complications evidenced in the endovascular laser treatment for varicose veins

  • Neuropatia
  • Síndrome das pernas inquietas
  • Nervo preso (compressão nervosa)
  • Dor no nervo ciático (Ciatalgia)

Tratamentos A cirurgia convencional é feita com um corte pequeno (0,5 cm) no tornozelo e outro em torno de 2 a 3 cm na virilha.

Este é um tratamento ambulatorial, não requer repouso nem a suspensão da atividade física. Escleroterapia com Espuma Densa Nesta técnica o liquido esclerosaste é transformado em uma mousse (microespuma) e injetado dentro das varizes levando a secagem das varizes. Cirurgia com Endolaser (vídeo aqui) É uma técnica pouco invasiva para tratar veias safenas doentes que necessariamente necessitaria de ser retirada. As grandes vantagens da cirurgia a laser é que não necessário fazer cortes e a recuperação é muito mais tranquila e rápida. Porém, a efetividade do tratamento para varizes com espuma não é tão boa quanto a cirurgia, seja a cirurgia tradicional ou os métodos mais recentes como laser e radiofrequência. Com o aparecimento dos tratamento de varizes com laser e radiofrequência, no caso para as veias safenas, diminuiu-se a necessidade e tempo de repouso, recomendando-se andar já em 24 horas. As varizes que causam sinais e sintomas mais graves podem precisar de tratamento médico ou de cirurgia. As mulheres que trabalham muito tempo em pé, que usam calçados de salto alto e não fazem nenhuma atividade física, são as que têm mais chance de desenvolver varizes. Dependendo da localização das veias a serem tratadas, pode ser necessário deitar de barriga para cima ou para baixo.

Ela pode ser feita de algumas formas: injeção de espuma, laser, radiofrequência, microcirurgia e remoção da veia safena.

Depende da indicação do médico, mas normalmente após a primeira semana de repouso da cirurgia de varizes a pessoa já pode voltar a dirigir. Quando uma remoção a laser de varizes, pacientesse pediu para levantar as pernas como continuamente quanto possível, durante as primeiras 24 horas após o tratamento. O tratamento de Cirurgia a Laser e da radiofrequência são mais indicados em casos das veias doentes tronculares, e veias de maior calibre como a veia safena. A melhor aplicação para a espuma é o tratamento de veias de maior calibre, mas também pode ser usada na aplicação de vasinhos. Se assim for, para retirá-la é preciso de um corte na virilha e outro no tornozelo. No adulto, a cirurgia (postectomia ou circuncisão) é feita ambulatorialmente, sob anestesia local (injeção na base do pênis) e dura cerca de 30 minutos. Por isso, a escleroterapia é também muitas vezes referida como ”aplicação para varizes” e geralmente é feita com a injeção de uma substância diretamente na variz para eliminá-la. Varizes dos membros inferiores são veias do sistema superficial, dilatadas (com mais de 3mm de diâmetro), alongadas e tortuosas, com alterações morfológicas e funcionais irreversíveis (Figura 03). Para as veias menores, que costumam apresentar um aspecto avermelhado, pode ser feita uma aplicação direta de substâncias químicas, ou tratamento a laser. Já tem uma dica se a atividade física ajuda ou prejudica a circulação nas veias nas pernas? Para a retirada da veia safena magna ou interna, são realizados dois corte, um na virilha e outro no tornozelo ou joelho. Nos casos de varizes superficiais, é possível injetar drogas para necrosar as veias a fim de que não mais conduzam sangue.