Cirurgia de varizes a laser e cirurgia da safena a laser. (Parte 8)

Posted on

Podemos expor nossos pacientes em tratamento da doença varicosa dos membros inferiores a esse tipo de risco?

A melhor aplicação para a espuma é o tratamento de veias de maior calibre, mas também pode ser usada na aplicação de vasinhos. Nas varizes de maior calibre, este tratamento pode não dar o melhor resultado, mas é capaz de diminuir o seu tamanho, sendo necessária mais de 1 aplicação na mesma variz. Os pacientes foram randomizados em grupos para retirada da veia safena durante operação de varizes versus a ligadura da junção safeno-femoral, com incisões e exerese das varizes. Isso promove um aumento na área de contato do Polidocanol com o interior das veias tratadas, aumentando a eficácia e permitindo também o tratamento de varizes de grosso calibre. Para o tratamento dos vasinhos pode-se realizar: As veias de maior calibre são tratadas por meio de cirurgia. O tratamento de Cirurgia a Laser e da radiofrequência são mais indicados em casos das veias doentes tronculares, e veias de maior calibre como a veia safena. Curtir Carregando… Escleroterapia com espuma promete diminuir a fila de pacientes que aguardam pela cirurgia contra esse problema. Há alguns tipos de cirurgia de varizes: desde retirada das veias maiores e danificadas até aplicações nesses vasos ou as cirurgias a laser. Em alguns casos cirurgia a laser é mais indicada para tratamento da veia safena.

Cirurgia de varizes a laser e cirurgia da safena a laser.

  • Consultas cirurgia vascular
  • Esclerose de varizes
  • Tratamento endovenoso de varizes…
  • Tratamento de úlceras nas pernas
  • Inovar tratamento de adesivo (cola) -VenaSeal

O método mais utilizado para o tratamento das varizes é a retirada das veias dilatadas, por meio de cirurgia.

Os pacientes são encorajados a andar após a recuperação anestésica e retomam as suas atividades normais muito mais precocemente que na cirurgia convencional de retirada da veia safena (Safenectomia). Quando as varizes não são tratadas e atingem estágios mais avançados podem manchar a pele, endurecer as veias e causar até feridas. A pesquisa de Viarengo foi realizada junto a 52 pacientes portadores de varizes dos membros inferiores com úlcera venosa, que faziam acompanhamento médico há mais de um ano. Nos pacientes com problemas de saúde que propiciam o surgimento das câimbras, como varizes, lesões ortopédicas, anemia, excesso de medicações, etc., o tratamento deve ser direcionado à causa, quando possível. Médicos treinados pela Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular do Rio de Janeiro estão usando esta técnica no tratamento de pacientes de quatro hospitais públicos. A cirurgia para retirada das veias doentes (as varizes são basicamente veias que não funcionam como deveriam) é a melhor solução para os casos mais graves. ANTICOAGULANTES (Marevan, Coumadim, Marcoumar) Estas medicações são usadas em pacientes que apresentam processos de trombose de veias em membros inferiores, embolias, próteses metálicas cardíacas, fibrilação atrial (arritmia cardíaca). Os vasinhos das pernas, as varizes, são mais resolvidas com aplicação de glicose hipertônica ou produtos indicados pelo cirurgião vascular. A cirurgia a laser pode ser efetuada em veias tributárias também, entretanto eu apenas abordo a veia safena através deste método.

4. O que diferencia o tratamento de varizes por Laser Endovenoso do tratamento convencional de retirada da Safena (Safenectomia) ?

  • Reavaliar o processo de enfermagem,
  • Traçar novos diagnósticos de enfermagem
  • Planejamentos e Metas e Prescrições de Enfermagem

Para confirmar o diagnóstico  de veias varicosas e para um melhor planejamento terapêutico, seu médico pode solicitar um teste de Ecodoppler Venoso de membros inferiores.

Varizes de membros inferiores – isoladamente são consideradas de baixo risco para de trombose venosa.Diagnóstico de Trombose É realizado através do exame clínico e de exames de imagem. Hoje, até em cirurgias envolvendo a retirada da safena ou tratamento com laser ou radiofrequência utilizo esta anestesia. Esclerose de Varizes Varizes nas pernas podem ser tratadas sem cirurgia, pode ser feita a chamada esclore de varizes, um procedimento para secar (esclerosar) as varizes. Se você possui varizes, algumas opções podem ser úteis como meias especiais, cirurgia para eliminar ou reduzir a veia, esclerose das varizes através de injeção de glicose e laser. Como reparar veias doentes Apesar dos cuidados apropriados, as varizes poderão aparecer e deverão ser tratadas mal isso aconteça, independentemente da idade. O processo é acompanhado por ultrassom e, ao término, é realizada uma microcirurgia para a retirada de veias varicosas tortuosas, isto é, aquelas que não podem ser tratadas por laser. • Fique em repouso 24 horas após cirurgia, com travesseiro embaixo dos membros inferiores para deixá-los mais elevados que o corpo; Embora varizes apareçam com mais frequência nas coxas e na altura dos joelhos, com o laser é possível eliminar vasos nos membros inferiores e no rosto em poucas sessões. A cirurgia a laser é indicada para tratamento de vasinhos ou varizes pequenas e consiste na aplicação de feixes de luz diretamente sobre os vasos lesionados.

Escleroterapia com espuma promete diminuir a fila de pacientes que aguardam pela cirurgia contra esse problema. Veja os prós e os contras

  • Escleroterapia, que é um tratamento que seca os vasinhos e as microvarizes;
  • Cirurgia para varizes.

A cirurgia de varizes com radiofrequência funciona de forma similar a cirurgia com laser, pois utiliza calor para fechar o vaso e fechar a variz.

E, para àqueles pacientes que possuem fobia de agulha e acabam deixando de tratar as varizes, existe o Laser Transdérmico. É importante que os pacientes com estas alterações percebam que suas veias dos membros inferiores começam a dar sinais de falência. Kravtsov e col (2016)  levaram 22 pacientes com varizes a praticar exercícios voltados para o fortalecimento dos músculos posteriores dos membros inferiores. As cirurgias de varizes devem ser realizadas sempre por cirurgiões vasculares, e os pacientes que podem se sujeitar a elas são aqueles cujos sintomas indicam doença mais complexa. Com o disparo do laser, o fluxo de sangue fica lentificado e permite que a glicose permaneça mais tempo em contato com o vaso que vai secar. O tratamento das veias mais finas é realizado em consultório e, após a aplicação do laser, o paciente pode retornar imediatamente ao trabalho. É indicada também para tratamento de varizes grossas, inclusive a veia safena, em pacientes que não desejam se operar e pacientes idosos sem condição clínica para cirurgia. Porém, a efetividade do tratamento para varizes com espuma não é tão boa quanto à cirurgia, seja a cirurgia tradicional ou os métodos mais recentes como laser e radiofrequência. Com o aparecimento dos tratamento de varizes com laser e radiofrequência, no caso para as veias safenas, diminuiu-se a necessidade e tempo de repouso, recomendando-se andar já em 24 horas.

“Cirurgias longas (mais de seis horas) e viagens de avião por mais de três horas também podem representar riscos a esses pacientes”, avisa.

Pois muitos pacientes tem problemas de varizes de membros inferiores e operam (retiram) suas veias safenas para corrigir o problema de varizes. As maiores veias do sistema profundo nos membros inferiores são as femorais e as poplíteas, sendo a femoral comum (representada na imagem como V FEM COMUM) a maior delas . Se você não pode ou não quer operar ainda dá para fechar a veia safena e as veias colaterais através da injeção de espuma de polidocanol. Suplementos para Quem já Realizou a Cirurgia de Retirada da Vesícula Biliar Fontes: Liberdade Natural Termoablação endovenosa – radiofrequência e laser da veias safena. A cirurgia de varizes a laser é uma das novas técnica de tratamento das varizes pela metodologia de termoablação (tratamento por emissão de calor). A cirurgia a laser também é usada como tratamento das varizes e tem como objetivo a remoção da maior quantidade possível de veias varicosas. A atividade pulmonar deve ser avaliada a fim de evitar riscos durante a cirurgia, principalmente, em pacientes fumantes e asmáticos. Gilbardeira é muito útil para aliviar as dores e o desconforto das veias varicosas, caso a cirurgia a laser para varizes não seja uma opção. Em princípio, quase todos os pacientes que sofrem de varizes das veias safena podem ser submetidos a terapia a laser. As varizes são veias dilatadas e tortuosas, mais frequentemente encontradas nos membros inferiores, cujas funções encontram-se prejudicadas de maneira definitiva. Pacientes com varizes e problemas de saúde graves, que não podem recorrer a uma cirurgia tem como opção de tratamento o uso de espuma de polidocanol. Geralmente, o laser é mais indicado em pessoas que tenham medo de agulha, alergia aos medicamentos esclerosantes ou que possuam veias muito pequenas, impossíveis de serem canuladas pela agulha. Nesse ponto os cirurgiões vasculares entram em consenso: SIM, o tratamento das veias safenas com laser é melhor do que a retirada convencional da veia (safenectomia). Mesmo quando aplicado de forma correta, o laser pode causar complicações, assim como qualquer método de tratamento das varizes e vasinhos. Uma safena comprometida, quando não retirada, causa retorno de varizes em curto period após a cirurgia. Varizes dos membros inferiores são veias do sistema superficial, dilatadas (com mais de 3mm de diâmetro), alongadas e tortuosas, com alterações morfológicas e funcionais irreversíveis (Figura 03). Assim como no laser o tratamento da insuficiência da Safena Magna deve ser restrito a coxa, evitando-se deste modo a lesão do nervo Safeno na perna. A escleroterapia é um tratamento feito pelo médico angiologista para eliminar ou diminuir veias e, por isso, é muito usado para tratar vasinhos na pele ou varizes.